Qualificação

Como o primeiro fabricante e líder de Tubo de Composto Termoplástico ( Thermoplastic Composite Pipe - TCP), certificamos nosso método de projeto, nossa produção e nossos materiais. Além disso, qualificamos nossos produtos para os principais operadores internacionais, contratantes e empresas de serviços.

A AOG qualificou sua metodologia geral de design e processo de produção em linha com os padrões DNV para TCP, DNV GL ST- F119. A Airborne Oil & Gas é a primeira empresa no mundo a ser certificada e qualificada para o design e produção de TCP.
 
A Airborne Oil & Gas esteve na vanguarda do desenvolvimento e aceitação de um novo padrão global para TCP. Em consequência disso, em dezembro de 2015, a DNV GL publicou esta nova Prática Recomendada (Recommended Practice) DNV GL RP F119, para Tubo de Composto Termoplástico em aplicações offshore. Em agosto de 2018, a prática recomendada tornou-se um padrão: DNV GL ST- F119.  Trata-se de uma abordagem baseada no design para qualificar TCP, ao menor custo possível. Ele se baseia em uma compreensão fundamental do design, materiais e produção do TCP:
  • Profunda compreensão da aplicação, incluindo todos os casos de carga, temperaturas e fluidos, tanto durante a instalação como em condições de serviço
  • Métodos de design validados, compreendendo e prevendo com precisão todas as falhas de modos de dutos e terminais conectores 
  • Modelos detalhados de materiais baseados em testes de materiais, mostrando o comportamento e a resistência dos materiais sob a influência do tempo, temperatura e fluidos
  • Produção comprovada e robusta, capaz de produzir comprimento contínuo, repetidamente
Ao combinar uma base sólida em nível de materiais com os métodos certificados de projeto e produção, o produto final é qualificado usando um número limitado de testes em escala real; isso minimiza o tempo e o custo envolvidos. O teste em escala real é parte integrante da abordagem do design e é usado para validar tanto o desempenho do tubo como as ferramentas do projeto. As previsões de falhas são realizadas antes do teste e devem estar alinhadas com os resultados do teste, a fim de corroborar as premissas do projeto. Isso significa que o TCP tem um comportamento previsível.
 
A AOG continua a progredir no sentido de obter a certificação completa de todos os seus produtos.
 
Além de nossas qualificações na DNVGL, somos qualificados por vários operadores e contratantes importantes, de acordo com outras normas e diretrizes específicas do cliente:
  • Qualificamos o TCP Flowline para vários operadores importantes de acordo com a API 15S, bem como os requisitos específicos do cliente
  • Nosso TCP Downline é qualificado para os principais contratados e empresas de serviços
  • Nossos TCP Jumpers são qualificados para operadores líderes e empresas de serviços
Oferecemos treinamento aos nossos clientes sobre nossos métodos de projeto e qualificação. Para obter mais informações sobre nossos métodos e qualificações de projeto ou para fornecer treinamento para sua equipe, por favor, entre em contato conosco.
 
Cursos de qualificação DNV GL
O TCP foi oficialmente credenciado em 2016. No entanto, a indústria ainda não tem consciência oficial das normas e qualificações operacionais para utilizar o TCP de forma eficaz. O principal regulador internacional DNV GL visa explorar os padrões para TCP em cursos de treinamento. Este curso de treinamento de dois dias explica a filosofia e o uso da DNVGL-ST-F119 passando por um caso de qualificação de um tubo de composto termoplástico.
O curso destina-se a cobrir todos os aspectos do processo de qualificação de TCPs desde a fabricação até a análise e testes. Além disso, serão discutidas aplicações especiais e potenciais de economia de custos de TCPs para a indústria de petróleo e gás. Por favor, visite o site da DNV para mais informações. 

 

Our certificates can be downloaded here:

Need more information?

Henk de Boer

CTO

Contact me